Notícia do Estado
sexta-feira , 15 dezembro 2017

Após protesto, CEF promete iniciar pagamento de precatório aos Técnicos Educacionais do estado

Centenas de trabalhadores em educação, Técnicos Educacionais do estado de Rondônia, participaram hoje pela manhã de um ato público realizado pelo Sintero para cobrar da Caixa Econômica Federal o pagamento do precatório estadual, determinado pelo Tribunal de Justiça há mais de 15 dias.

Os trabalhadores em educação se concentraram no Sintero e se dirigiram à agência da Caixa na Avenida Nações Unidas, no bairro Nossa Senhora das Graças, onde foi realizado o protesto.

Com o auxílio de um carro de som, os Técnicos Educacionais discursaram e expressaram indignação e revolta pela demora no pagamento. Em despacho datado de 06 de março, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sansão Saldanha, encaminhou expediente à Caixa Econômica Federal determinando o pagamento em 24 horas.

De acordo com o presidente do Sintero, Manoel Rodrigues da Silva, vários foram os contatos feitos com a CEF pedindo a liberação do pagamento aos servidores, mas o pagamento era sempre adiado.

Nesta quinta-feira durante o protesto, o gerente geral da Caixa Econômica em Rondônia, Wilson Alves, compareceu ao local e anunciou que o pagamento deverá ter início amanhã, sexta-feira, dia 24/03.

O presidente do Sintero, após a manifestação do gerente da Caixa, disse que a promessa está registrada, e se não for cumprida, na próxima semana os servidores estão dispostos a montar acampamento na agência da CEF para cobrar o pagamento.

O precatório totaliza aproximadamente R$ 33 milhões e beneficia mais e 5.100 servidores. São Técnicos Educacionais do estado (ex-servidores de apoio e ex-auxiliares da educação) contratados até o ano de 1995, e que recebiam vencimento básico abaixo do salário mínimo no período de 1994 a 1998.

 

Fonte www.inforondonia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *