Brasil vira contra a Argentina mas cede o empate no final 4×4

Foto Gilmar de Jesus

Rodnei
Adilson Honorato, locutor oficial do jogo no ginásio
Presidente da Confederação do Brasil de Futsal Marcos Madeira, presenteando o governador Daniel Pereira, com um camiseta
Lino marca depois da falta cobrada pro Falcão

 

Na foto o árbitro principal do jogo Telles Gean de Santa Catarina, Silvinho, presidente confederação dos árbitros de Futsal do Brasil, Becão e Santa Maria Dahio Javier (Argentina) árbitro principal
O jogador Emiliano Grecco que marcou o gol de empate da Argentna
J, Lima presidente da ARLER Associação dos Redatores e locutores ]esportivo de Rondônia.
Ramon, presidente da Federação de Futsal de São Paulo, elogiou a estrutura e a coordenação do superintende Rudnei no jogo do Brasil. Porto Velho está de parabéns pela estrutura do Ginásio

 

arcos
Marcos Madeira, presidente da confederação brasileira de Futsal
O gol de Falcão cobrando falta
Fotografo Gilmar de Jesus, qualidade e eficiência nas fotos, um super profissional
Gilmar e o fotografo oficial da seleção Brasileira
O Repórter fotografo Ney cunha do Rondoniaovivo, com Falcão
Repórter João Vitor do Rondoniaovivo com Falcão
J Lima presidente da ARLER com Falcão
Ramon presidente da Federação Paulista de Futsal
Gilmar de Jesus com Madeira

             x x 

Uma oportunidade única para o esporte de Rondônia, o domingo 23, fica marcado para sempre nas páginas de nossa história esportiva. Com a partida jogada entre a seleção do Brasil e a Argentina na categoria de Futebol de Salão. Um clássico mundial presenciada por mais de 2 mil pessoas, com o resultado final em 4×4.

O Superintendente de Esporte, Cultura e Lazer Rudnei Paes, com apoio do governador Daniel Pereira, marca sua passagem por essa entidade esportiva com a realização de muitos trabalhos em prol do esporte rondoniense, todos os municípios do estado têm recebido o apoio e investimento logístico da superintendência coordenada por  Rudnei, mas, sem dúvida a sua luta para a realização do jogo Brasil x Argentina vai ser eternizada  por  ser a primeira vez que o selecionado brasileiro de futebol de salão joga em Porto Velho e contra  um super. adversário a Argentina,

Veja a importância de uma grande praça esportiva na cidade, se não fosse o ginásio Poliesportivo Claudio Coutinho jamais um jogo de grande porte do naipe de Brasil e Argentina, seria realizado. Administradores anteriores manteve por vários anos esse ginásio fechado.

Autoridades

Prestigiaram o  evento esportivo o governador de Rondônia Daniel  Pereira, Superintende Rodnei Paes, presidente da Confederação Brasileira de Futebol de Salão Marcos Madeira, o presidente da Federação Paulista de Futebol de Salão, Ramon e o presidente da Federação de Futebol de Salão do estado de Rondônia, Silvinho da Silva.

Marcos Madeira

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol de Salão Marcos Madeira, responsável pela vinda da Seleção Brasileira a Porto Velho falou ao repórter Luiz Lobato do site notiiciadoestado.com.br de sua satisfação e a alegria pela recepção recebida do governador Daniel Pereira e do Superintendente Rudnei.

“Espero que a partida tenha servido de incentivo para a garotada, o esporte é muito importante o Futsal em particular por ser o mais praticado no Brasil é um esporte genuinamente Brasileiro. Quanto à presença do craque Falcão ele é fantástico, abrilhanta a festa, sabe lidar com as criançadas, isso é muito importante e serve de estimulo e exemplo para a garotada.”

Para Madeira o placar é o que menos interessa, estão em período de preparação, já jogaram várias vezes contra a Argentina e ainda vão jogar e concluiu dizendo de sua surpresa por ter em Por Velho uma estrutura esportiva como a do “Ginásio Claudio Coutinho”, o público excelente, “jogar com casa cheia é outra coisa e tivemos um excelente espetáculo”.

Compareceu ao Ginásio Claudio Coutinho torcedores de vários municípios do estado de Rondônia. A partida em quadra segundo opinião de várias pessoas foi boa, mas o Brasil poderia ter saído com a vitória, sofreu o primeiro gol, virou para 3a1 e no final cedeu o empate em 4×4.

O Jogo

Brasil e Argentina apresentaram um bom espetáculo, mexendo com o torcedor rondoniense que acreditava na vitória brasileira a aposta maior era a presença de Falcão em quadra, mesmo sem está em sua condição física ideal.

A primeira surpresa veio com o gol da Argentina, Lucas Flores 1×0. A torcida começou gritar Brasil, Brasil a veio o empate Rodrigo, depois Falcão cobra falta e vira 2×1, Quase no final do primeiro tempo, Leandro Lino, um carque em formação, em jogada individual aumenta para 3×1,

Logo no começo do segundo tempo Gerardo diminui 3×2, Leandro Lino amplia para 4×2,  para delírio da torcida. Em seguida veio à reação dos argentinos, marcando o segundo o gol. Gerardo Menzegues aproveita a subida do goleiro Willian e do meio da quadra faz um golaço 4×3. Com a defesa brasileira em pânico o argentino Emiliano Grecco invade a área e bate cruzado para empatar 4×4.

O Brasil com o incentivo da torcida bombardeou o gol da Argentina, Douglas duas vezes chutou a bola  que foi de encontro a trave bateu no travessão, o goleiro fez várias defesas evitando a vitória do Brasil.

Não é o resultado que esperávamos, mas nos comportamos bem dentro do jogo, a gente sabia da dificuldade, foi um duelo de conjunto. Sentimos durante a partida, eles devem melhorar para o próximo, nós também vamos melhorar e o importante é que não perdemos – disse Falcão.

Árbitros – Santa Maria Dahio Javier (Argentina), Telles Gean (Santa Catarina) Messa Ricardo (Porto Alegre) e Durães Deive (Porto Velho).

Gols – Lucas Flores, Gerardo (2) e Emiliano Grecco Argentina.

Gols- Rodrigo, Falcão e Leandro Lino (2). Brasil.

Argentina: Tomaz Baizel, Joan Rodriguez, Nicola Lamas, Huan Mahafud, Emiliano Grecco, Julian Caamaño, David Torrijo, Martins Simons, Emilio Kijescio,  Nicolas Noriego, Juan Kruz, Francusoo Talierao, Eduardo Viilalba, Gerardo Menzegues, Gabriel Ramirez  e Juan Pablo. Técnico Matias Luck.

Brasil: Gian e Willian (goleiros), Márlon, Lé, Felipe Valério, Leandro Lino, Bruninho, Douglas, Bruno, Marcel, Falcão, Higor, Rodrigo e Neguinho.

Comissão técnica: Marquinhos Xavier técnico, Fernando Ferreti auxiliar técnico, Mauro Sandri e João Romano, preparador físico, Fred Antunes preparador de goleiro, Reinaldo Martins médico, Kleber Barbão e Airton Alves.

Texto Luiz Lobato

Fotos Luiz Lobato

 

Comentários

    Lucimar Manoel Vieira

    (25 de setembro de 2018 - 12:12 PM)

    Que linda e abençoada reportagem. Parabéns. Abraços aqui de Santa Catarina, Balneário Camboriú à todos e todas, especialmente Jornalista Luiz Lobato

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.