Notícia do Estado
quinta-feira , 24 agosto 2017

China volta a comprar carne de Rondônia; missão oficial tem resultado positivo, anuncia deputado Lúcio Mosquini

O deputado federal Lúcio Mosquini (PMDB-RO), que se encontra em missão oficial da Câmara dos Deputados na China, anunciou neste final de semana a retomada da compra de carne brasileira pelo país asiático, conforme lhe foi prometido pelo governo chinês.

Em Pequim, na China, em missão oficial bancada exclusivamente com recursos do governo chinês, Mosquini participou de quatro reuniões com autoridades do alto escalão do Governo Chinês em busca de soluções para a crise da carne brasileira.

Entre as autoridades chinesas com as quais Mosquini e os demais membros da comitiva brasileira se reuniram estão Wei Qiang, Diretor-Geral do Biró da América Latina e Caribe do Departamento Internacional do Governo Chinês e Dou Enyong, Ministro-Adjunto do Departamento Internacional do Governo da China, o equivalente ao Itamarati (Ministério das Relações Exteriores) no Brasil. Outra reunião estratégica foi com Li Jian, Presidente do Instituto da Cooperação Econômica e Comércio Internacional do Ministério do Comércio da China.

Mosquini atribui a essas reuniões e à mobilização da comitiva brasileira na China – juntamente com as justificativas apresentadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e pelo Palácio do Planalto – o desfecho positivo da retomada da compra da carne brasileira pelo importadores chineses, garantindo a continuidade do abate de bovinos em Rondônia que chegou a ser suspenso.

Autoridades do governo chinês anunciaram oficialmente neste sábado (25) que o país voltará a comprar carne brasileira, excluindo apenas os 21 frigoríficos investigados. O país – que, juntamente com Hong Kong representa 30% do mercado mundial da carne brasileira – é o primeiro dos grandes importadores que retomou os negócios com o Brasil.

“É uma grande vitória para a economia brasileira e para o agronegocios de Rondônia. Centenas de empregos serão preservados”, afirmou Mosquini.

 

Crise da carne

A crise da carne brasileira foi uma consequência da ação da Polícia Federal, que deflagrou no dia 17 de março a Operação Carne Fraca, para investigar 21 frigoríficos suspeitos de participação em um esquema que liberava carnes sem a fiscalização adequada para venda fora e dentro do Brasil.

“Em defesa do consumidor brasileiro eu apoio a ação da PF e peço o máximo rigor nas investigações. No entanto, das 4.837 unidades frigoríficas que o país tem, a suspeita recai sobre apenas duas dezenas delas. Ou seja, não podemos condenar um setor estratégico para a economia brasileira em função de alguns poucos irresponsáveis.Todos nós sabemos que o problema não é o sistema sanitário e sim a corrupção. A punição deve ser aos culpados, e não ao setor inteiro”, afirmou Mosquini.

O Brasil responde por 7% do mercado mundial de alimentos e uma crise no setor pode gerar grandes prejuízos econômicos e desemprego em massa no segmento. Em Rondônia a carne bovina tem importância estratégica para a economia do estado. Somente entre janeiro e fevereiro de 207 metade de tudo o que foi exportado em Rondônia foi de carne bovina. No entanto, em função da crise já houve uma redução de 40% nos abates. Rondônia não exporta carne processada, que recebe conservantes. A carne rondoniense, tanto para o mercado interno como para o mercado externo, é comercializada in natura, ou seja, congelada mas sem conservantes.

“Vencemos a primeira batalha, mas não podemos nos acomodar. É preciso retomar a plena confiança de exportadores e consumidores na carne brasileira. E, após esta fase crítica, partirmos para o fortalecimento efetivo do setor, para que possa continuar gerando emprego e renda aos rondonienses”, concluiu Mosquini, que formalizará nesta segunda-feira (27), através de seu gabinete em Brasília, um convite para que uma comitiva chinesa visite os frigoríficos rondonienses para constatar in loco os cuidados sanitários e de produção da cadeia produtiva da carne.

A comitiva da Câmara dos Deputados retornará ao Brasil nesta terça-feira (28), encerrando a missão exitosa.

Deputado Federal Lúcio Mosquini (PMDB-RO)

Relações com a Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticia do Estado

Inscreva-se e fique informado sobre os assuntos.

Obrigado por Se inscrever