Deputado Jean Oliveira defende fortalecimento do setor produtivo do Estado

Parlamentar também citou comemoração na Assembleia e problemas na saúde

 

O deputado Jean Oliveira (MDB), no grande expediente da sessão ordinária desta terça-feira (13), destacou a programação realizada na Assembleia Legislativa na última semana, quando foi comemorado os 36 anos da Constituição. “Nos engrandece poder reviver momentos históricos que fizeram Rondônia chegar onde chegou”, acrescentou.

Ele também citou a conversa que teve com o governador Marcos Rocha (PSL), juntamente com outros colegas, sobre a proposta da instalação de uma indústria no Cone Sul para fabricação de implementos agrícolas.

“Assim será facilitado o acesso do produtor a equipamentos. Como não haverá frete, será mais em conta comprar um material desses aqui do que um vindo de outro Estado”, destacou.

Jean Oliveira também defendeu a permanência do escritório regional da Emater em Colorado do Oeste. Assim, ele disse ser contra a iniciativa da Secretaria de Estado da Agricultura em promover essa mudança em sua estrutura.

O parlamentar afirmou, ainda, que a presidência da Emater tem demonstrado perseguição a servidores, ao negar o pagamento de diárias para que eles se deslocassem a Porto Velho, trazendo empresários para discutir investimentos com o governador.

“Esses servidores querem o progresso do Estado. Como as diárias foram negadas eles fizeram uma vaquinha e pudemos ir tratar da questão com o governador”, adiantou Jean Oliveira.

Outro tema abordado pelo deputado foram as condições das estradas. Ele citou que o escoamento da produção é muito importante, e que o DER é responsável pelas rodovias, tanto as pavimentadas quanto as vicinais.

“Estou no parlamento há quase dez anos e nunca tinha visto buraco ser tapado com solocimento. A RO-383 precisa ser recuperada. O DER não tem equipamentos nem gente suficiente. É preciso mais gestão para que a questão das rodovias estaduais não seja inviabilizada”, detalhou Jean.

Ele acrescentou que a crítica não é à pessoa do diretor-geral, coronel Erasmo Meireles. “Ele nos recebe muito bem. Peço que ele vá até a Zona da Mata e cheque o que está acontecendo”, citou.

O parlamentar afirmou, ainda, que apesar do bom trabalho desenvolvido pelo secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, há um déficit no setor. Ele pediu que o Orçamento venha com 14% para a saúde, ao invés de 12%, para que o problema seja resolvido.

“Rondônia está cada vez investindo mais na saúde. As pessoas estão tendo mais acesso às unidades hospitalares, por isso o custo é maior”, detalhou.

Ele destacou a necessidade de todos lutarem pela saúde, explicando que a arma do parlamentar é a tribuna. “Que se encaminhe o Orçamento para cá, para que o percentual seja aumentado e que não seja mais necessário aprovarmos remanejamentos para esse setor”, solicitou.

Jean Oliveira finalizou dizendo que uma falha da Sesau é gastar dinheiro contratando leito em hospital e terminar o contrato para cirurgias que resolveriam o problema. “Há críticas e elogios ao trabalho de Fernando Máximo. Alguns setores estão sendo muito bem administrados”, finalizou.

Foto: Marcos Figueira-Decom-ALE-RO

Luíz Gonzaga Sales Lobato Autor

CNPJ 24.280.898/0001-67 CNPJ Empresa: LUIZ GONZAGA SALES LOBATO-ME

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.