Notícia do Estado
domingo , 22 julho 2018

Luxemburgo ajuda motorista em apuros na chuva e história viraliza

© Fornecido por Areté Editorial S/A Amanda tirou foto com o técnico após receber sua ajuda (Reprodução/ Facebook)

Vanderlei Luxemburgo foi personagem de uma história que ganhou as redes sociais nesta quinta-feira. O treinador, atualmente sem clube, ajudou uma mulher que estava em apuros em meio à chuva que caiu em São Paulo na quarta. Amanda Ciocler Schiesinger contou o fato inesperado em seu perfil do Facebook em um post que já foi compartilhado mais de 1.500 vezes.

Amanda estava dirigindo seu carro pelas ruas de Perdizes quando “empacou” em uma ladeira, não conseguindo fazer o carro subir e parando todo o trânsito. Nervosa por causa da chuva, que fazia os carros “patinarem”, e dos demais motoristas incomodados com a situação, ela recebeu a ajuda do motorista do carro ao lado. “Um carro abriu a janela e o motorista falou: Vai acelerando beeem devagar que você consegue. É óbvio que eu já estava fazendo isso, afinal são 6 anos de vida em Perdizes, mas a b… do carro não saia do lugar (pode levar em consideração o meu nervosismo de estar travando a rua inteira). Respondi para o gentil moço: eu não estou conseguindo, pelamor (sic) me ajuda”, contou. Foi quando o homem se dirigiu até o carro de Amanda e acabou resolvendo o problema.

“Quando olhei pro lado vi um rosto conhecido. Era simplesmente o VANDERLEI LUXEMBURGO, todo molhado, dentro do meu carro, me ajudando a sair daquela situação ridícula! Precisei perguntar: você é o Luxemburgo? A resposta foi simples: eu mesmo! ÓBVIO que não consegui tirar o carro do lugar então mudamos de lugar pra ele dirigir o meu carro. Ele subiu a ladeira inteira e eu falei: e agora, como você vai voltar pro teu carro? Ele na maior calma respondeu: fica tranquila, vou correndo! Pedi para fazer uma foto porque se eu contasse a história ninguém iria acreditar”; escreveu Amanda. Veja o relato completo no post abaixo!

Fonte MSN esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: