Servidores se dedicam para o sucesso do Joer

Além dos 1.735 atletas, técnicos e dirigentes das delegações, dos 70 árbitros escalados para apitar as partidas de futsal, futebol, handebol, basquete e voleibol, existem outras dezenas de pessoas envolvidas nos Jogos Escolares de Rondônia, na fase estadual de Cacoal. A função deles? Garantir o sucesso do evento, deixando tudo alinhado para que os atletas e arbitragem tenham todo o suporte dentro e fora das quadras e campos.

Ao todo, são 111 pessoas no Comitê Central Organizador e 55 voluntários. É essa equipe toda a responsável pela hospedagem, alimentação, transporte, segurança, direção, credenciamento, entre tantas outras funções.

Esmênia Luzia da Silva Galves é uma, entre tantos servidores, que nestes dias de Joer tem se dedicado ao sucesso dos jogos. No dia-a-dia, Esmênia é mediadora no projeto Fórmula da Vitória, oferecido pelo Instituto Ayrton Senna, mas entre os dias 21 e 30 de agosto, Esmênia foi escalada para a seleção do Joer e se dedica ao Centro de Convivência dos atletas.

“A cada dia uma novidade surge e os imprevistos também.  No  decorrer do trabalho proposto sinto-me muito útil e o contato com tantos jovens ao mesmo tempo é muito bom. Sem dúvidas que às vezes realmente tem o momento de cansaço,  mas é satisfatório e gratificante pela oportunidade de um trabalho colaborativo e diferenciado para mim”, destacou.

Esmênia tem 66 anos, dos quais 43 são dedicados à educação. Ao se aposentar por tempo de serviço, a educadora fez novo concurso e voltou ao trabalho.  “A educação é minha vida. Eu não podia ficar de fora! Fiz novo concurso e voltei como professora de Artes.  Sinto gosto, prazer e satisfação pela minha profissão e de estar participando no Joer deste ano”, enfatiza a educadora.

Assim como Esmênia, Keler Cristina Trevisani também foi escalada para contribuir com o Joer, no Centro de Convivência. É neste espaço que os alunos almoçam e jantam. Para que o espaço ficasse mais atrativo aos jovens e propiciasse momentos de entretenimento e descanso, o Comitê Central Organizador do Joer colocou a disposição dos atletas jogos, como pebolim, tênis de mesa, xadrez, dama e até um karaoke. Há ainda alguns computadores e espaços preparados para o descanso dos alunos/atletas, com tapetes, sofás e puffs.

Neste Centro de Convivênia, a servidora Keler Cristina saiu da sua rotina como técnica pedagógica na Coordenadoria Regional de Educação de Cacoal para assumir a coordenadoria de alimentação dos Jogos Escolares de Rondônia. A missão tem sido encarada com muito dinamismo.

“Poder estar em meio aos atletas de todos os lugares do estado é maravilhoso. Eles estão sempre alegres, gostam de interagir. Participar destes momentos de descontração com eles é gratificante. Trazem boas energias e nos contagiam com suas brincadeiras”, destacou.

Já a missão de Marcos Leôncio Teixeira não mudou muito. Se no dia-a-dia de trabalho é ele quem socorre todos os servidores e mantém o mundo digital funcionando, no Joer a sua missão também é essa, auxiliar de informática. Qualquer probleminha que surge no mundo da informática, adivinha quem todos chamam?

“Nós estamos aqui para o que der e vier. Hoje a informática, as tecnologias, facilitam a vida de todos. Então a minha função é colaborar e manter a vida fácil para todos, neste mundo digital, online”, brinca o servidor. Sobre a interação com os jovens, Marcos Leôncio garante que é um momento de satisfação.

“Estar aqui em meio a esse monte de jovens é muito bom. A gente vê que eles tem ânimo pra tudo e isso acaba revigorando o nosso ânimo também. Eles estão sempre sorrindo, sempre felizes, estão contentes com tudo. Outra coisa interessante é que a gente montou um telão aqui para exibir fotos do Joer e a gente vê, pelas fotos, que os alunos sabem muito bem diferenciar os momentos e as situações.  Uma coisa é a descontração e as brincadeiras aqui no Centro de Convivência, outra é a concentração durante os jogos. Lá é concentração total. Às vezes nem parece a mesma garotada que vem aqui para se divertir e descontrair”, comparou.

Texto: Giliane Perin
Fotos: Ésio Mendes

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.