Notícia do Estado
sábado , 21 outubro 2017

STF autoriza extração de dados de celular de amigo de Temer

Coronel João Baptista Lima Filho é investigado desde que delatores do Grupo J&F o apontaram como receptor de parte da propina supostamente paga a Temer, no valor de R$ 1 milhão

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a Polícia Federal a realizar um “procedimento especial” com o objetivo de recuperar dados de dois celulares apreendidos do coronel aposentado João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer (PMDB) e alvo da Operação Patmos.

João Baptista Lima Filho é investigado desde que delatores do Grupo J&F o apontaram como responsável por receber parte dos valores de propina supostamente destinada a Temer, no valor de R$ 1 milhão. Na Operação Patmos, em maio, foram apreendidos os dois aparelhos celulares na residência do investigado, no bairro de Villa Andrade, na zona sul da cidade de São Paulo.

 

Fonte Noticiasominuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticia do Estado

Inscreva-se e fique informado sobre os assuntos.

Obrigado por Se inscrever